Nosso amor em sete atos - Ato 1

Meninas! Tudo bem? Como foram de fim de semana? O meu foi ótimo... fiquei bastante tempo com o meu amor... E é sobre ele que vim falar hoje! Percebi que nunca contei a nossa história... e resolvi fazer isso ao longo dessa semana. Quem quiser ouvir uma história de amor linda, simples intensa e complicada ao mesmo tempo acompanhe os posts dessa semana... =)

Ato 1: Antes de você chegar era tudo saudade...
Quando eu penso que vou me casar me dá um frio tão bom na barriga... quem me acompanha sabe que há alguns meses eu tive uma "crise de medo de casar"... e hoje eu tenho tanta, mas tanta vontade de que o dia 08 de setembro chegue logo... e mais, eu já me sinto casada com o Marcos.
Eu não podia ter feito escolha melhor... eu não podia ter sido escolhida por pessoa melhor.
Antes do Marcos eu havia tido 4 namorados... foram namoros relativamente longos, felizes e divertidos... mas eu nunca conseguia me imaginar casando com eles... com o meu namorado de adolescência, com uns 15 ou 16 anos a gente falava sobre casamento... mas era uma coisa tãaaaao distante, tãaaaao longe que chegava a parecer que quando esse dia chegasse eu seria outra pessoa. Na verdade, nos tornamos outras pessoas juntos e foi isso que nos afastou. Com meu terceiro namorado eu dizia que seria madrinha do casamento dele e ele padrinho do meu. Mas era engraçado que a gente se gostava muito, se curtia bastante, mas sei lá, não conseguiamos nos ver casados... e ele volta e meia ficava com um olhar perdido e dizia que as vezes sentia que estava me preparando para outro. Eu achava estranho, mas hoje entendo perfeitamente...
Eu me orgulho muito de dizer que eu nunca namorei um fdp, nenhum dos meus namorados foi cafageste, nenhum namoro acabou em briga, nem em confusão... tenho tanto carinho por eles que nem terei padrinhos de casamento pois eles seriam os primeiros da lista, kkkk!
Mas o trabalho que eu nunca tive com namorados sempre tive com minha família... ô familiazinha complicada a minha! E eu tendo a querer resolver tudo, ajudar todo mundo... a prima caiu e se machucou? Liga pra Ludmila!  Minha mãe brigou com o marido? Vai pra casa da Ludmila! O tio tem problemas com drogas? A Ludmila encontra uma clínica! Ele está com câncer? A Ludmila o acompanha na quimioterapia.
Gente, não estou reclamando, eu amo a minha família e fico muito feliz em poder ajudar... mas isso chegou num ponto que deixou de ser saudável... eu sempre trabalhei, estudei, batalhei pelas minhas coisas, e ainda ficava cuidando de todo mundo, sofrendo com os problemas que não podia resolver... chega uma hora que o corpo pede pra gente parar e se a gente não para ele pifa... e foi isso que o meu corpo fez!

Continua no próximo ato...

Beijos
Lud

9 comentários:

Iara disse...

Curiosa e ansiosa pelo próximo post gêmea... doida pra saber se temos outras coisas em comum fora do mundo casamentístico... pelo visto já achei o primeiro: familia complicadinha...
beijocas

Dani disse...

rsrs to adorando sua história...
e ansiosa pelo próximo ato.
Bjos

Fabi disse...

Ahh podia ter cenas do próximo capítulo né??
Bjim

Marcela Lima disse...

Q legal vc nunca ter tido um namorado fdp e ainda reconhecer isso.Tive dois "cafas" in my life, que só Jesus! rsrsr
E te dou o maior apoio com relação a se afastar um pouco dos problemas alheios. Se vc morresse, ficasse doente, se mudasse pro Japão, TODO mundo ia continuar aí e teria que resolver seus próprios problemas. Portanto, se priorize. Não quer dizer q vc está sendo egoísta. É questão de que vc tb precisa ser feliz, focar nas suas coisas agora, priorizar seu casamento e cuidar do seu marido.
Bjkssssss

Alana Tenório disse...

Oi Lud... obrigada pelos parabéns... Menina antes do meu namorado só tive outro que durou 3 meses (eu tinha 14 anos)... com 15 comecei a namorar com o meu "futuro marido" e estou com ele há quase 8 anos!! Ah, e eu sou a primeira(espero que única) namorada dele! =) É tão bom ouvir as histórias das outras pessoas!! =)
Bjuss

Janaína Queiroz disse...

Lud adoro seus posts!!!
Aguardando o próximo!

Bjinhos

janeewesser.blogspot.com

Lu disse...

Lud adorei o post e vou acompanhar o restantes dos relatos sem duvida, que bom não ter tido nenhum namorado fdp o que não foi o meu caso, mas graças a Deus é passado e hoje sou a mulher mais feliz desse mundo, e família ixi essa é um caso complicado, mas tente viver a sua vida e deixe um pouco os problemas dos outros de lado, pois não temos capacidade de resolver o problema do mundo todo né.

beijocas e que chegue logo dia 08 rsrsrs

Tarciane Amorim disse...

Oi amiga, é normal esse medo de casar, também passei por isso. Mas Deus me segurou forte. bjos

Rosi Silva disse...

nossa senhora lud e amei a história dos namorados e estou amando os seus atos, também me dá um medo de casar e me pergunto direto e a Deus com uma insegurança se é o cara certo Deus vai me mostrar se é ou não .. há e aqui em casa é assim também a dona rosi é menino de favor "entende" se não for a cara feia rola o tempo todo...

beijos ansiosa

Postar um comentário